terça-feira, 27 de abril de 2010

Do meu palco

No meu palco atuam diversos personagens,a cada um foi entregue um papel que lhes foi oferecido.
Alguns seguem com o seu e outros acabam conseguindo melhores ou piores destaques em meu roteiro.
A você foi oferecido o papel de mais destaque,a personagem principal,e tu,como és um bom ator não teves como recusar.
Por um tempo atuastes bem,como eu havera escrito em meu roteiro,você estava seguindo o script!
E como já era previsto na minha tragicomédia,tudo ocorrera como idealizei;as atitudes e as concequencias.
No fim deixastes o papel de destaque e contentou-se com o de coadjuvante no meu palco,na minha peça.
Mas como se não bastasse recusar-se a atuar como principal,a contentar-se com o de coadjuvante,teves que rebaixar mais o te papel.
E agora?Quando os canhões de iluminação forem apagando aos poucos, forem desfocando-se lentamente....
Até que tu percas o brilho diante do palco.

5 comentários:

  1. "...há sempre uma estória infeliz
    esperando uma atriz e um ator..."

    De "Filmes de guerra canções de amor"

    ResponderExcluir
  2. Dessa jeito vai acabar como ajudante de limpeza, de tanto abaixar de papel.

    ResponderExcluir
  3. ... ou até quando você decidir encerrar o espetáculo e fechar as cortinas...
    Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Mudou o final né?!
    Ficou otêmo!
    me mata de orgulho *-*

    ResponderExcluir
  5. Mudei siiim *-*
    mas a Nah citou lá em cima um pedacinho
    do antigo final :x (risos)

    ResponderExcluir